ATENÇÃO! 2a. EDIÇÃO DO LIVRO BASE DISPONÍVEL! NA LOJA VIRTUAL DA FEDF - clique na imagem

MEU IDIOMA

ptafarcazh-CNhrenfrdeeliwhiidgaitjakoplruesuk

CADASTRE-SE

SITES RELACIONADOS



PROGRAMA JORNADA FRATERNA
FORMAÇÃO BÁSICA EM ATENDIMENTO FRATERNO
ROTEIRO DE ESTUDO DEZESSETE
Querido Irmão, Querida irmã,
Alegria e Paz!
     Este Roteiro apresenta sugestões de estudo e reflexão baseadas no livro “Atendimento Fraterno no Centro Espírita: A Terapêutica do Cristo Consolador” (livro-base).

CAPÍTULOS PARA ESTUDO: 19 e 20
      Os capítulos focalizados neste Roteiro tratam de aspectos de ORGANIZAÇÃO E DESENVOLVIMENTO da atividade de Atendimento Fraterno pelo Diálogo.

19. O Diálogo Fraterno na Prática:
      A Preparação para o Atendimento
Páginas 195 a 201 (1a. ed.); Páginas 269 a 278 (2a. ed.)

OBJETIVO DO CAPÍTULO 19
Parte II: Seção V: Organização e Desenvolvimento
Explicita ações e elementos envolvidos na preparação para a atividade do Atendimento Fraterno pelo Diálogo: (1) do ambiente físico da instituição; (2) do Grupo de Trabalho e da pessoa do Atendente; e (3) do ambiente e do acompanhamento do público em espera de atendimento.

20. O Diálogo Fraterno na Prática:
Funções Exercidas Durante o Encontro
Páginas 203 a 208 (1a. ed.); Páginas 279 a 287 (2a. ed.)

OBJETIVO DO CAPÍTULO 20
Parte II: Seção V: Organização e Desenvolvimento
Expande a conceituação das funções de acolhimento, consolo, esclarecimento e encaminhamento no contexto do processo do Diálogo Fraterno, especificando características, finalidades e modo de conduzir cada uma, relacionando-as à essência cristã da atividade.

ATIVIDADES INDIVIDUAIS (prévias ao encontro do Grupo de Formação)

ESTUDO DO CAPÍTULO 19
     A preparação dos campos físico e pessoal para dialogar com o Atendido é fator determinante mesmo do sucesso do trabalho, como já foi focalizado anteriormente no livro-base. No capítulo 19 detalhamos importantes considerações a esse respeito. Depois de lê-lo, responda às questões seguintes.
1. Verifique se a sua Casa de trabalho possui uma atividade de Atendimento Fraterno pelo Diálogo organizada.
• Se a sua resposta for negativa, em quais condições o serviço poderá ser implantado?
• Se o serviço já se encontra em funcionamento, como se realiza? Verifique aspectos como tipo de atendimento (se é feito por Atendentes que se preparam e atuam individualmente ou por Grupo de Atendimento de funcionamento regular); ambiente físico; horários e formas de atendimento; aspectos de preparação e etapas de desenvolvimento do trabalho (do Grupo - se for o caso - e do ambiente pessoal de cada Atendente).
2. Em sua Casa de atuação como se faz o acompanhamento do público solicitante que espera para ser atendido?
3. Compare a situação de sua Casa com o colocado no texto e reflita sobre semelhanças, diferenças e providências que poderão ser tomadas em um sentido ou outro.

ESTUDO DO CAPÍTULO 20
     Você já deve ter percebido que nossa abordagem didática é de progressiva expansão de conceitos e sugestões práticas para cada componente de nosso estudo. Assim, neste capítulo expandimos as considerações sobre o conceito da atividade de Atendimento Fraterno pelo Diálogo e as quatro funções de ajuda que o Atendente desempenha junto ao seu Atendido, no decorrer do trabalho, isto é, o acolhimento; o consolo; o esclarecimento e os encaminhamentos.
     Verifique no texto o que definimos para cada uma das funções, refletindo sobre sua atuação presente ou futura e idealizando o que corresponde aos resultados desejáveis para cada uma delas.
Mais adiante dedicaremos pelo menos um capítulo para o desenvolvimento dos conteúdos referentes a cada função do Diálogo Fraterno focalizada neste capítulo.

ATIVIDADES NO GRUPO DE FORMAÇÃO
     Sugerimos que sejam seguidos os itens da orientação sobre “Dinâmica dos Encontros do Grupo de Formação”, explicitada na página “GRUPOS DE FORMAÇÃO”, neste site. Menu: “Formação em Atendimento Fraterno”.

MENSAGEM INSPIRADORA
“Compaixão Sempre”
(Espírito Emmanuel)
     A mensagem integral encontra-se na página “MENSAGENS INSPIRADORAS”, neste site. Menu: “Formação em Atendimento Fraterno”. Pode ser baixada pelo usuário.

SUA PRÓXIMA TAREFA
    Tomar conhecimento e realizar as atividades individuais do “ROTEIRO DEZOITO” antes do encontro do seu Grupo de Formação, no qual ele vai ser focalizado.

ESTEJA SEMPRE NA PAZ DO DIVINO MESTRE !

copyright@ NEUZA ZAPPONI-MELLO, 2016

CRIAÇÃO E DESENVOLVIMENTO Neuza Zapponi de Mello

     Escritora; palestrante; facilita cursos de autotransformação (reforma íntima) e formação de trabalhadores espíritas. Filiações de trabalho: Federação Espírita do Distrito Federal (FEDF) e Comunhão Espírita de Brasília. Profissional por quarenta e sete anos em Psicologia e Educação. Vasta experiência no atendimento a pessoas em sofrimento profundo (perdas, traumas, crises severas, doenças graves). Professora-doutora aposentada da Universidade de Brasília (UnB). Ex-professora da University of Texas (USA).

MULTIPLICADORES DE FORMAÇÃO
Luiz Fernando Marques
Márcia Elise B G Almeida
Moisés Shalon G de Almeida
Rívea F Maia
Ruth Meireles Daia

 FEDF (DAE) – MEMÓRIA 10 ANOS: 2006-2016
FORMAÇÃO DE TRABALHADORES EM ATENDIMENTO FRATERNO
Clique na imagem para ver o arquivo