ATENÇÃO! 2a. EDIÇÃO DO LIVRO BASE DISPONÍVEL! NA LOJA VIRTUAL DA FEDF - clique na imagem

MEU IDIOMA

ptafarcazh-CNhrenfrdeeliwhiidgaitjakoplruesuk

CADASTRE-SE

SITES RELACIONADOS



PROGRAMA JORNADA FRATERNA
FORMAÇÃO BÁSICA EM ATENDIMENTO FRATERNO

ROTEIRO DE ESTUDO OITO
Querido Irmão, Querida irmã,
Alegria e Paz!
     Este Roteiro apresenta sugestões de estudo e reflexão baseadas no livro “Atendimento Fraterno no Centro Espírita: A Terapêutica do Cristo Consolador” (livro-base).

CAPÍTULO PARA ESTUDO: 8
A Qualidade Terapêutica do Amor do Cristo
Páginas 87 a 96 (1a. ed.); Páginas 119 a 132 (2a. ed.)
OBJETIVO DO CAPÍTULO 8
Parte I: Fundamentação e Filosofia - Seção II: Contextual
Evidencia a transcendência do Cristo e de Sua missão e a natureza do Seu legado a nós, no tocante às qualidades vibratórias do Amor Divino, que Ele implantou no Planeta.

ATIVIDADES INDIVIDUAIS (prévias ao encontro do Grupo de Formação)
    
Observação: Sugerimos que você anote suas reflexões, para maior conscientização; se quiser, compartilhe suas anotações com seu Grupo.

     Leia o capítulo, reflita e responda às questões a seguir.
1. No capítulo é enfatizada a figura do Cristo como força de sustentação do Planeta. Que força é essa, que somente Ele pode introduzir na Terra?
2. Conhecemos a vida histórica de Jesus de Nazaré através das escrituras. Subjacente aos relatos existe a realidade transcendente do Cristo. Considere essas duas questões - e o texto do livro-base - e conclua sobre a missão físico-espiritual do Cristo ao descer às vibrações deste Planeta.
Porque foi essencial que Ele se manifestasse em nosso plano existencial?
3. Na página 89 do livro-base, citamos afirmativas de João, o Evangelista, sobre a natureza e o trabalho do Cristo. Uma delas é:
“Ele estava, no princípio, junto de Deus. Todas as coisas foram feitas por meio dele, e sem ele nada do que se encontra feito se faria.”
Quais postulados espíritas sobre Deus e Jesus são confirmados por essas afirmativas de João?
4. Qual foi o legado amoroso do Cristo para nós?
5. Qual a consequência, para o Atendente Fraterno, de irradiar a frequência do amor fraterno?
6. Tome o exemplo da passagem evangélica sobre a cura da mulher que sofria do fluxo contínuo de sangue. O que se pode concluir sobre a condição essencial – ensinada por Jesus – para que nos beneficiemos da cura espiritual do corpo físico? Reflita sobre isto sobre o ponto de vista do processo vibratório que ocorre nesses casos.
7. O que você entendeu como "entrar em ressonância" com as “qualidades de pacificação e cura do campo de amor crístico”? Afirmação constante das páginas 95-96 (1a. ed.) ou das páginas 130-132 (2a. ed.)?

ATIVIDADES NO GRUPO DE FORMAÇÃO
      Sugerimos que sejam seguidos os itens da orientação sobre “Dinâmica dos Encontros do Grupo de Formação”, explicitada na página “GRUPOS DE FORMAÇÃO”, neste site. Menu: “Formação em Atendimento Fraterno”.

MENSAGEM INSPIRADORA
“Vinde a Mim”
(Vinícius)

     A mensagem integral encontra-se na página “MENSAGENS INSPIRADORAS”, neste site. Menu: “Formação em Atendimento Fraterno”. Pode ser baixada pelo usuário.

ITEM QUATRO DA DINÂMICA DE GRUPO NESTE ROTEIRO. O item quatro da dinâmica de grupo se refere a comentários sobre a citação inicial do capítulo.
     Neste capítulo, a mensagem inicial fala sobre o “jugo leve de Jesus”. Para melhor fundamentar as reflexões do Grupo sobre esse convite, vejamos o significado da expressão “jugo”, mais uma magnífica imagem simbólica por Ele utilizada para nosso entendimento.

JUGO – É uma peça de madeira que pode ser colocada no pescoço de animais no trabalho de arar a terra ou puxar veículos com grandes pesos ou fardos. É sempre uma peça dupla, colocada no pescoço de dois animais da mesma espécie (por exemplo, dois bois). Isto porque se o jugo for desigual pode quebrar o pescoço de um dos animais.
     Quando Jesus nos convida a tomar seu jugo sobre nós, está nos dizendo que caminhará conosco, se estivermos em ressonância com Ele, o que nos aliviará das dores e da sobrecarga das provações da vida e nos trará repouso às inquietações, por entrarmos em outra faixa de vibrações espirituais, mais leve e suave.
 
       Allan Kardec assim comenta essa passagem no capítulo VI do Evangelho Segundo o Espiritismo:
        “Todos os sofrimentos: misérias, decepções, dores físicas, perdas de seres queridos, encontram sua consolação na fé no futuro, e na confiança na justiça de Deus, que o Cristo veio ensinar aos homens. Sobre aquele que, pelo contrário, nada espera após esta vida, ou que simplesmente dúvida, as aflições pesam com todo o seu peso, e nenhuma esperança vem abrandar sua amargura. Eis o que levou Jesus a dizer: “Vinde a mim, vós todos que estais fatigados, e eu vos aliviarei”.
     “Jesus, entretanto, impõe uma condição para a sua assistência e para a felicidade que promete aos aflitos. Essa condição é a da própria lei que ele ensina: seu jugo é a observação dessa lei. Mas esse jugo é leve e essa lei é suave, pois que impõe como dever o amor e a caridade”.

SUA PRÓXIMA TAREFA
    Tomar conhecimento e realizar as atividades individuais do “ROTEIRO NOVE” antes do encontro do seu Grupo de Formação no qual ele vai ser focalizado.

ESTEJA SEMPRE NA PAZ DO DIVINO MESTRE !


copyright@ NEUZA ZAPPONI-MELLO, 2016

CRIAÇÃO E DESENVOLVIMENTO Neuza Zapponi de Mello

     Escritora; palestrante; facilita cursos de autotransformação (reforma íntima) e formação de trabalhadores espíritas. Filiações de trabalho: Federação Espírita do Distrito Federal (FEDF) e Comunhão Espírita de Brasília. Profissional por quarenta e sete anos em Psicologia e Educação. Vasta experiência no atendimento a pessoas em sofrimento profundo (perdas, traumas, crises severas, doenças graves). Professora-doutora aposentada da Universidade de Brasília (UnB). Ex-professora da University of Texas (USA).

MULTIPLICADORES DE FORMAÇÃO
Luiz Fernando Marques
Márcia Elise B G Almeida
Moisés Shalon G de Almeida
Rívea F Maia
Ruth Meireles Daia

 FEDF (DAE) – MEMÓRIA 10 ANOS: 2006-2016
FORMAÇÃO DE TRABALHADORES EM ATENDIMENTO FRATERNO
Clique na imagem para ver o arquivo