ATENÇÃO! 2a. EDIÇÃO DO LIVRO BASE DISPONÍVEL! NA LOJA VIRTUAL DA FEDF - clique na imagem

MEU IDIOMA

ptafarcazh-CNhrenfrdeeliwhiidgaitjakoplruesuk

CADASTRE-SE

SITES RELACIONADOS



FORMAÇÃO CONTINUADA
EM ATENDIMENTO FRATERNO PELO DIÁLOGO
PROGRAMA JORNADA FRATERNA

TEMÁTICA: SEXUALIDADE

Introdução

“A energia sexual, como recurso da lei de atração, na perpetuidade do Universo, é inerente à própria vida, gerando cargas magnéticas em todos os seres, à face das potencialidades criativas de que se reveste”.

Emmanuel (Espírito). Vida e Sexo. Psicografia Chico Xavier


ATENDIMENTO FRATERNO À TEMÁTICA DA
SEXUALIDADE HUMANA NO CENTRO ESPÍRITA


Caro Atendente Fraterno,

       Sempre que recebemos alguém no contexto do Atendimento Fraterno encontram-se presentes as questões da sexualidade, em relação a todos os envolvidos. Estas questões podem se situar perifericamente às dificuldades focalizadas ou se apresentarem como ponto central da busca de auxílio pela Pessoa em atendimento.

     O primeiro ponto a considerar refere-se à abrangência da temática, uma vez que o Espiritismo considera a sexualidade como uma energia que flui das fontes universais do amor divino e se manifesta em nós como força criadora, mantenedora de todas manifestações humanas no mundo.

     Assim é que, desde os tempos mais remotos, a sexualidade humana tem sido a grande força impulsionadora da evolução e ao mesmo tempo a maior fonte de quedas e de aflições. Em cada caso, é preciso compreende-la em sua dimensão justa. Sua adequada utilização dinamiza forças que podem impulsionar o ser humano ao ápice de sua força criadora. De outra forma, desvios no seu uso podem retê-lo em manifestações que o prendem ao mundo das energias primárias.

     Isto considerado, o que se observa nos tempos atuais é que essa força inerente a todos os humanos tem sido frequentemente mal utilizada e pouco compreendida. Como reflexo desta situação, em nosso trabalho de Diálogo Fraterno no Centro Espírita, cresce cada vez mais o número de pessoas que nos procuram apresentando complexas situações de sofrimento envolvendo sua sexualidade. Torna-se cada vez mais frequente encontrarmos pessoas em dúvidas sobre sua identidade sexual, processo que inclui conflitos das mais diversas categorias, desde a própria definição psicológica de gênero a complexas questões envolvendo aspectos sexuais de seus relacionamentos afetivos. Pois que os processos de disfunção na área da sexualidade envolvem conflitos de relacionamento consigo mesmo, com as pessoas de sua intimidade e também com o grupo social.

     Tudo considerado, o que é certo é que essas pessoas procuram o Centro Espírita buscando alívio às suas aflições no auxílio espiritual, não raramente após experiências sofridas onde esgotaram muitos outros recursos.  

     Para poder ser de auxílio a essas almas em aflição é imprescindível que você possua um claro entendimento dos posicionamentos Espíritas sobre esta área. Contamos para isto com valiosos recursos informativos oriundos de ensinamentos e visões claras de como a temática é vista pela espiritualidade superior. Poderemos, então, situá-la no contexto do processo evolutivo do Espírito imortal nas vivências existenciais da reencarnação.

      Para adquirir esse necessário entendimento você deverá atender a algumas condições que tornarão seu trabalho mais efetivo...

CONDIÇÕES DO ATENDIMENTO FRATERNO
NA TEMÁTICA DA SEXUALIDADE HUMANA

     Em primeira instância, você, Atendente Fraterno, deve manter em mente três condições básicas pelas quais pautará a sua ajuda.

1)    Limites das ações de auxílio. A primeira condição será sua consciência da delimitação de nossas ações na questão. Durante o diálogo fraterno nos é vedada qualquer interferência em posicionamentos particulares de seu Atendido sobre suas questões. Portanto, o atendimento fraterno em um Centro Espírita se limita:

a)    Às ações (funções) de acolhimento, consolo e esclarecimentos de aspectos informados pela Doutrina do Cristo, dentro dos parâmetros do Espiritismo; e

b)    A encaminhamentos aos recursos da Casa e da Doutrina Espírita para os tratamentos, aprendizagens e práticas espirituais disponíveis.

2)    Consciência do trabalho primordial a ser realizado. Seu trabalho primordial durante o Diálogo Fraterno será o de oferecer para a Pessoa em atendimento um campo acolhedor e pacífico, de aceitação incondicional e ausência absoluta de críticas ou admoestações. Que ela possa, através do campo vibratório e das ações que você empreender, se conscientizar de que aportou em um porto seguro que lhe oferece possibilidades de se acolher e se tratar com compaixão e cuidado. Que ela possa ainda se sentir motivada a algumas das ações que você lhe indicará para sua autoajuda emocional-espiritual.

3)    Preparação anterior sistemática. Para realizar essa tarefa, você deverá estar preparado, de forma geral como Atendente Fraterno dentro da metodologia do Cristo Consolador e também de forma específica, através de uma formação continuada que focalize os aspectos próprios do atendimento envolvendo questões de sexualidade no ambiente de uma Casa Espírita. Portanto, reveja a seguir as bases nas quais você deverá se preparar para esses atendimentos.

Base indispensável. Uma condição essencial para que você - no seu trabalho de Atendimento Fraterno pelo Diálogo -  saiba como agir nesses casos é que você tenha se preparado para cuidar das situações que implicam sofrimento, realizando um sistemático trabalho de capacitação para tal. Os aspectos básicos dessa preparação são oferecidos neste site, através dos estudos contidos no menu Formação em Atendimento Fraterno (Programa Jornada Fraterna: Curso Básico). Eles constituem uma indispensável base para entendimento da Terapêutica do Cristo a ser utilizada na compreensão e auxílio às pessoas em sofrimento profundo.

       Formação continuada dentro da temática. Em sequência, sua preparação deverá ser completada com o estudo dos aspectos essenciais específicos da temática. Nesta seção ofereceremos materiais que poderão ajudá-lo nesta tarefa. Eles lhe serão válidos primeiramente para a compreensão de sua própria sexualidade e ainda para a necessária erradicação das muitas conceituações errôneas que existem sobre o tema. Esse estudo sistemático é também necessário para que você possa compreender os aspectos singulares da abordagem Espírita.

MATERIAIS SOBRE A TEMÁTICA DA SEXUALIDADE HUMANA

      Na prática do cuidado a pessoas sobre questões de sexualidade, cada atendimento, em sua forma específica, é único. A identificação dos aspectos particulares a cada caso estará sujeita à sua preparação espiritual-doutrinária, aos seus conhecimentos e suas habilidades em atender e dialogar.

      Nossa contribuição produtiva no auxílio às pessoas que passam por sofrimento na área da sexualidade requer que tenhamos conhecimentos que nos ajudem a compreender o processo específico que ela está atravessando. Isto é indispensável para que possamos utilizar a terapêutica do Cristo Consolador ao dialogar com ela.

      Os materiais a seguir poderão proporcionar a você uma seleção de conhecimentos nesta área. Todos os materiais passaram por análise quanto à sua adequação aos propósitos e metodologia do Cristo Consolador, por nós indicados. Estão distribuídos nas seguintes seções.

Material conceitual que apresenta uma síntese que consideramos básica para esta Formação Continuada, incluindo aspectos sobre como atender e cuidar de Pessoas com dificuldades sexuais no contexto do Centro Espírita.

Bibliografia brevemente comentada, incluindo especificação de livros recomendados para indicação aos Atendidos e aqueles que servem para estudo pelo Atendente.

Materiais diversos sobre a sexualidade, selecionados criteriosamente para focalizar aspectos particulares da temática.
 
       Para continuar seu estudo sobre a temática, volte ao menu “Sexualidade” e escolha o item desejado.

CRIAÇÃO E DESENVOLVIMENTO Neuza Zapponi de Mello

     Escritora; palestrante; facilita cursos de autotransformação (reforma íntima) e formação de trabalhadores espíritas. Filiações de trabalho: Federação Espírita do Distrito Federal (FEDF) e Comunhão Espírita de Brasília. Profissional por quarenta e sete anos em Psicologia e Educação. Vasta experiência no atendimento a pessoas em sofrimento profundo (perdas, traumas, crises severas, doenças graves). Professora-doutora aposentada da Universidade de Brasília (UnB). Ex-professora da University of Texas (USA).

MULTIPLICADORES DE FORMAÇÃO
Luiz Fernando Marques
Márcia Elise B G Almeida
Moisés Shalon G de Almeida
Rívea F Maia
Ruth Meireles Daia

 FEDF (DAE) – MEMÓRIA 10 ANOS: 2006-2016
FORMAÇÃO DE TRABALHADORES EM ATENDIMENTO FRATERNO
Clique na imagem para ver o arquivo